7.6.14

O Sul Em Cima 8 - Nico Nicolaiewsky


 O SUL EM CIMA dessa edição faz uma homenagem a Nico Nicolaiewsky.

Nelson Nicolaiewsky, mais conhecido como Nico Nicolaiewsky (Porto Alegre, 9 de junho de 1957 - Porto Alegre, 7 de fevereiro de 2014) é descendente de judeus da Bessarábia. Nico começou a estudar piano clássico aos 7 anos de idade e aos 13 foi aprovado em um teste no Instituto de Belas Artes da UFRGS, onde seguiu seus estudos até os 16 anos.
Aos 21 anos, em 1978, foi um dos fundadores do "Musical Saracura", um dos mais importantes grupos de música urbana do RS no final dos anos 70 e início dos anos 80. Apesar disso, o Saracura lançou apenas  um LP, em 1982.

Tangos e Tragédias - Hique Gomez (Kraunus Sang) e Nico Nicolaiewsky (Maestro Pletskaya)

Em 1984, criou juntamente com Hique Gomez, a comédia musical Tangos & Tragédias, espetáculo que marcaria de maneira indelével sua carreira, ligando o personagem Maestro Pletskaya a sua pessoa, e tornaria-se um fenômeno de público, principalmente no RS, trazendo ao músico reconhecimento nacional. Em 1987, iniciaram-se as apresentações no que seria a "segunda casa" de Nico, o palco do Theatro São Pedro. Entretanto, com o espetáculo ainda incipiente, ainda em 1984, Nico vai para o Rio de Janeiro, onde mora durante 10 anos para estudar com o eminente maestro Hans-Joachim-Koellreuter.
Nesse período, em 1993, nasce Nina Nicolaiewsky, sua filha com Márcia do Canto.

Nico também lançou o disco solo Nico Nicolaiewsky (1996), As sete Caras da Verdade (2002) que é uma ópera cômica e em 2007 lança o CD  Onde Está o Amor? que foi produzido por John Ulhoa.
Em 2013, montou o espetáculo "Música de Camelô", onde cantava sozinho ao piano, canções "super populares" segundo suas próprias palavras. O repertório incluia músicas como "Ai Se Eu Te Pego", de Michel Teló, "Tô Nem Aí" da cantora Luka entre outros.



O espetáculo "sborniano" também originou um longa-metragem de animação, dirigido por Otto Guerra e Ennio Torresan Jr e apresentado pela primeira vez no Festival de Gramado de 2013. O filme, intitulado Até que a Sbórnia nos Separe, está sendo convertido para 3D e deve ser lançado nos cinemas ainda em 2014. Será a primeira produção em 3D do Rio Grande do Sul. Aqui tem o trailer do filme:



As vésperas de comemorar 30 anos do espetáculo Tangos e Tragédias, Nico recebe o diagnóstico de leucemia mieloide aguda (LMA) e é internado às pressas, no dia 23 de janeiro no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre. O tratamento, no entanto, não é suficiente para retardar o avanço da doença e ele vem a falecer na madrugada do dia 7 de fevereiro de 2014, aos 56 anos.
Ao recordar um show do Musical Saracura que havia assistido, o jornalista e crítico de arte gaúcho Renato Mendonça descreveu as qualidades que iriam permear a obra de Nico Nicolaiewsky:
"O quarteto entrou em cena contido e silencioso, perfilou-se em frente ao palco e cantou à capela uma canção quase desconhecida. E calou o público. E incendiou o público por dentro. A lembrança serve para evocar aquelas que considero as qualidades fundamentais de Nico Nicolaiewsky: o poder e a coragem de surpreender, a determinação de indeterminar quaisquer fronteiras artísticas".

O programa O SUL EM CIMA faz uma homenagem a esse querido artista, que será sempre lembrado por sua versatilidade, talento, sensibilidade e alegria.


Ouçam Aqui - Homenagem a Nico Nicolaiewsky

Programa 08/2014 - Nico Nicolaiewsky - Parte 1


Programa 08/2014 - Nico Nicolaiewsky - Parte 2



OBS.: Uma correção:  A música NADA MAIS interpretado pelo Musical Saracura é de autoria (letra e música) de CLÁUDIO LEVITAN.

Um comentário:

  1. Produção O Sul Em Cima7 de junho de 2014 14:53

    Na próxima segunda-feira, Nico Nicolaiewsky (1957 – 2014) completaria 57 anos. Para lembrar o aniversário do saudoso músico e ator, a viúva Marcia do Canto e Nina Nicolaiewsky, filha do casal, escreveram uma carta aberta.
    No texto, além de lembrar a perda do marido e pai, a dupla anuncia que está organizando com amigos o acervo do artista – e convocam a colaboração de quem tiver material sobre o inesquecível Maestro Pletskaya. Confira o texto de Marcia e Nina:

    “Dia 9 de junho é dia do aniversário do Nico. Primeiro aniversário sem ele. Nina e eu nos recuperando, aos poucos, com o carinho e a atenção dos familiares e amigos.

    Um misto de dor e alegria. Não dá pra festejar e, ao mesmo tempo, não podemos deixar de nos orgulhar. Nico tem uma vasta obra pra ser organizada e disponibilizada para o público. Estamos cuidando disso, tentando fazer da mesma forma que ele faria. Com seriedade e profissionalismo. Ele merece. Se ele não pode estar próximo de nós, que fique uma parte dele, das melhores. Seu talento, a sensibilidade transformada em música.

    Estamos contando também com os amigos e fãs do Nico, com materiais, fotos, músicas. Fazendo um grande acervo. Quem quiser fazer parte, enviando algum material que tenha, nos contate através do nico@niconicolaiewsky.com.br.

    Nico sempre muito presente.”

    http://wp.clicrbs.com.br/blogerlerina/2014/06/05/parabens-nico/?topo=13%2C1%2C1%2C%2C%2C13#.U5KNZ-xN5Mp.twitter

    ResponderExcluir