17.7.10

O SUL EM CIMA 8

Almôndegas, ou dito em bom gauchês, "Almôndigas"!
Uma turma de jovens gaúchos que viajou de elevador, vislumbrou os pampas, viu saci-pererê, virou noites regadas a quentão e muito mais para criar música numa mistura singular.
Esse programa é um especial do grupo, banda, conjunto, como quiser rotular, pois é atemporal e agrada qualquer geração. Fala da origem dos Almôndegas, conta aventuras e desventuras passadas por seus integrantes,  influências diversas que os inspiravam e traz o resultado disso tudo em canções. Como se não bastasse vem junto com uma bela surpresa.

O Sul Em Cima 8 resgata Kleiton, Kledir, Quico Castro Neves, Gilnei, Peri Sousa, João Batista e Zé Flávio nos "Almôndigas", para ficar para sempre.

É rock? É MPB? É música regional?
 
Tirem suas próprias conclusões, divirtam-se e comentem.

(comentários de Aline Mariano)


Ouçam Aqui - Programa 08/2010 - Almôndegas

Programa 08/2010 - Almôndegas - Parte 1

Programa 08/2010 - Almôndegas - Parte 2



7 comentários:

  1. É música da melhor qualidade!!!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não ouvi, mas que deve estar "especial" não tenho dúvidas! É só acessar o Youtube para constatar o quanto foram bons esses "Almôndigas"!!! Aliás, Kleiton, já percebi que vcs, do sul pronunciam algumas palavras diferente de nós, do centro-oeste: vide no DVD Autorretrato a palavra "poder", que vcs pronunciam "puder", ao cantarem a faixa de abertura...(coisa boa é um amigo prá "puder" se encontrar e jogar conversa fora...)

    Beijão Keiton,
    celeste.

    ResponderExcluir
  3. Tive a felicidade de conhecer a música dos irmãos Ramil de trás para frente assim como disse Chaplin sobre como deveria ser a vida. A diferença é que não tem parte ruim, a dupla, as carreiras solo, a dupla rsrs e o grupo. Do Autorretrato para os Almôndegas.

    Fico curiosíssima para saber como seria se o grupo voltasse, o que iria mudar, como seriam as músicas, enfim, toda a nova roupagem. Kleiton, será que posso mudar os verbos dessa frase do futuro do pretérito para o presente? Please! rsrsrs

    Adorei o programa mas senti falta de "Daisy, my love", "Coisa Miuda", "Amor caipira e trouxa das Minas Gerais" e "Em Palpos de Aranha". Ah, todas. Tem que fazer uma segunta parte hehe.

    Beijão!
    Aline Mariano

    ResponderExcluir
  4. Um recadinho para o Emílio Pacheco:
    Obrigada pela informação sobre a vinheta "Nheco Nheco"...é que fiquei tão entusiasmada ao ouvir a "Uni, Duni, Tê" no programa 7,que achei que fosse no final dela que o poessol acaba rindo...
    O que importa mesmo é comentar o talento desses dois pelotenses que sabem tudo de música e arranjos e que a gente não enjoa nunca de ouvir.

    Outro recadinho, agora para a Neide:
    Querida,a netinha ainda não chegou. A data prevista pela médica é 26 de agosto, mas acredito que será antes...Deus é que sabe e estamos, toda a família, muito ansiosos.
    Em suas orações reze por nós, minha filha Esther e sua filhinha Maria Luiza, ok?
    Obrigada pela atenção querida.

    Há um tempo atrás, qdo o Kleiton nos apresentou a "Nina", alguém comentou aqui que ele, desde então seria "vovô", pelo fato da cachorra ser de sua filha (hi, hi, hi...), portanto eu agora irei alcançá-lo no mesmo papel...( será que ele vai ficar muito bravo por chamá-lo de "vovô"???)
    Ah! Acredito que não, afinal ele tb vai cumprir essa tarefa um dia....

    Querida, beijão prá vc.
    Até qualquer hora,
    celeste.

    ResponderExcluir
  5. Bom, bom, bom... como sempre.
    Poder te acompanhar na rádio e o Kledir no jornal é bom demais!
    Um abraço carinhoso, com desejos de sucesso e satisfação sempre que possível,
    Lu

    ResponderExcluir
  6. Almôndigas era fodaaaaa! Concordo que deveriam voltar... Mas o que é mais tri nesses caras é que eles não pararam de produzir, de inovar, tipo, não foi uma onda, vocês se reciclaram e se aperfeiçoaram, e continuam a cantar o sul, cantar o amor e a amizade, cantar a beleza, enfim, eu acho que todo o artista exterioriza seu estado de espírito, seus sentimentos, sua alma... E a tua arte, a tua música é linda kleiton, ou seja, és lindo por dentro e por fora (tá, é piegas eu sei, mas é verdade!)

    "Almôndegas" é uma música, assim, sei lá, é algo, é transcendental, é... era da boa aquela almôndega que eles comeram heim! "Feiticeira" é muito bonita. "Aragana" e "Vento negro" me dão um baita orgulho em ser gaúcha, e "Canção da Meia-Noite", não sei como explicar o significado dela pra mim, é uma das trilhas sonoras da minha vida, importante e eterna, e eu vi K&K cantando ela ao vivo, bem de pertinho! *dágritinhodefãsurtada* hehehehe

    Resumo: AMO VOCÊS HOJE E SEMPRE! (e quem não ama?)

    ResponderExcluir
  7. Ah, sem dúvidas é a melhor dupla que existe, concordo plenamente com a Sabrina, esses dois irmãos me dão mais orgulho de ser gaúcha. Agradeço por ter sido apresentada a músicas de tamanha qualidade tão cedo(acho que na barriga da mamãe ainda). Ah, sou do time da Aline, senti falta de 'Amor caipira e trouxa das Minas Gerais', essa marcou demais pra mim... 'Haragana' é das minhahs prediletas também, esses Almôndegas... 'Almôndigas' para os pelotenses e portoalegrenses, só fizeram pérolas, que jamais serão esquecidas.

    Thereza Panisson Lemos

    ResponderExcluir