7.11.09

Poema inquieto

O que nos renova a vida

É beleza de alma e mente...

Quem tem alma bonita

É jovem eternamente!"

 

Quem é jovem eternamente

Leva vida serena

O que se leva da vida

É o que na vida se eleva

 

Para recuperar a juventude

A velha alma carece


De um gratuito sorriso

Que o amigo oferece

 

O que a vida leva num abraço


Num beijo,num fim de tarde


Num coração inquieto


Que ama, que sofre a parte


Nosso poema cresce... 

Neide. Está muito bom. Não vamos sofrer com autocríticas dessa vez...O poema só precisa respirar! 

4 comentários:

  1. tenho acompanhado e estou adorando esse Poema Inquieto :)

    ResponderExcluir
  2. Cris,
    Queres poetar?
    Entras depois da Sil

    ResponderExcluir
  3. Lá vai

    Mas o coração
    é traiçoeiro...
    Navega entre mares de desejos.
    Cheio de esperança anseio...
    Que um dia possa eu poder amar!


    Obs.: se não tiver legal me avisem

    Bjs

    Sandra

    ResponderExcluir
  4. Oi Kleiton, oi, meninas..
    Só pra confirmar...eu sou depois da Ana Paula, é isso? Puxa, tô gostando desse exercício de poema coletivo, muito bom!

    Bjs!

    ResponderExcluir