14.10.09

Carricondes e amigos do Blog

Primeiro quero agradecer, de uma maneira geral, as pessoas que tem frequentado meu blog como a Neide, Celeste, Aline, Isana e outros amigos e amigas que me privilegiam. Nem sempre respondo diretamente mas tenham certeza que leio, acompanho os bate-papos e fico grato com seus textos, alguns realmente muito emocionantes.
A pergunta sobre a Cristina Carriconde levou-me por uma deliciosa viagem. Conheço sim a Cristina há bastante tempo e a considero uma grande fotógrafa (vale muito conhecer seu trabalho). Mas antes dela, conheci o seu tio João Carriconde, em Porto Alegre, umas das pessoas mais bem-humoradas e feliz que encontrei até hoje. Convivi com ele intensamente nos anos 70 pois era companheiro de uma
tia, com quem eu morava. Eles tinham uma turma animada. O "Carrica" como ela o chamava (para nós era o Dr. Carriconde - advogado) estava sempre bem disposto para tudo. Quando as vezes me dava carona em seu carro e eu não querendo abusar dizia: "Aqui está ótimo, bem perto da faculdade". Ele respondia: "Porque? É o carro que está fazendo força, não eu" e ria, ria, ria e acelerava. Era muito divertido. E agora pasme, Cristina, você que é fotógrafa. Sabe o que eu ganhei dele, entre outras coisas? Uma Leica! É! Aquela câmera fotográfica lendária, com equipamento completo. Então essa história de fotografia está no sangue de sua família. E ele era muito exigente com o que fazia. Não era uma máquina qualquer. Era uma Leica! E sabendo que era apaixonado por essa arte, deixou-me esse legado. Do Carrica ficaram lembranças maravilhosas que é o mais importante e que levo vida afora. São pessoas como ele que fazem diferença.

29 comentários:

  1. Adorei ler este post! Conheço a Cris tem um tempinho e tbm adoro as fotos dela, fora que é uma pessoa maravilhosa. E ainda tem mais: encontrar uma gaúcha como eu aqui no Rio é sempre muito bom!!! Adoro!:)
    Com certeza o tio dela tbm era uma pessoa especial!
    Abraços de mais uma gaúcha perdida no Rio!
    Bete Wanis

    ResponderExcluir
  2. Kleiton,
    Vc é mesmo uma pessoa muito especial!
    Quanto carinho conosco, fãz e amigos de hoje, de ontem, de sempre....
    Fiquei até emocionada com o seu belo texto acima!
    Não é pois, por acaso que vc já é um grande poeta e promissor escritor!
    "E se Deus nos abençoa sei que muita coisa boa ainda vai rolar..."
    Que Deus o abençoe muuuuuuuuuito! E ilumine sempre seus caminhos.
    Bjs,
    celeste.

    ResponderExcluir
  3. Não existe nada mais delicioso que um "obrigada" quando se faz algo sem a menor pretensão a qualquer agradecimento... Ler seu blog é uma delícia não só por ser o Kleiton da dupla que adoramos ouvir mas por compartilhar imagens e histórias que acabam rendendo um bom batepapo e novas amizades... Traz o chimarrããããão!!!!! Obrigada por apresentar o trabalho de sua amiga Cristina Carriconde, é realmente impressionante. Das fotos que vi, as que mais me chamaram a atenção foram as entituladas, "menina colorida","Tia, deixa eu arrumar o cabelo" e "don't let the sun go down on me", pelo jeito que ela aproveita o momento e capta a expressão de forma bem humorada e em outras emocionantes. Como o bom humor cai bem a qualquer hora do dia, né Sir Kleiton? Agora você aguçou minha curiosidade. O que vem a ser uma Leica? Não vem dizer que é para tirar fotografia heim.

    Beijokkas!

    Aline Mariano

    ResponderExcluir
  4. Kleiton,obrigada por citar o meu nome,fico contente com isso porque gosto muito de vc.Não é todo artista que presta atenção no seu público,só vc e o Leo Jaime,que eu saiba.O Leo também tem muita coisa bonita dentro dele,conversa com a gente de igual pra igual.
    Gostamos de vc,Kleiton,porque vc é atencioso,escreve coisas lindas e tem sentimento nas coisas que faz.
    Vir aqui é muito bom,muito compensador mesmo.Quando vcs vierem em Sampa,vou ver vcs de perto e vai ser muito bom.

    Bjs,Neide

    ResponderExcluir
  5. Kleiton muito obrigada pelas palavras e principalmente por contar mais essa história do tio João. Não esqueci a da montanha russa. Meu avô era muito parecido com ele e tinha esse mesmo espírito alegre. No caso dele a turma era chamada de "Velhice Transviada" Vai ter um teatro com o nome do vô lá em Pelotas. Quem sabe um dia registro vocês nesse palco novo. Tomara!
    Nunca soube dessa relação dele com a fotografia. Vou contar para meus tios aqui do Rio. Minha mãe já leu o post e depois ouvi mais uma vez a leitura para meu pai via Skype. Tempos modernos. Pena que o pai não herdou em nada essa animação que na verdade vem é dos Soares. João Soares Carriconde. O Deogar Soares era nosso primo e até então a única referência fotográfica na família. Acredito que saibas quem ele foi, e como era bom fotógrafo. Um sobrinho dele Marcelo Soares vulgo Camafunga, mantém a paixão pela fotografia nessa ala da família. Eu comecei na era digital muito por acaso, por conta da tal tendinite crônica nos ombros que a querida Neide comentou. Logo vou no novo blog dela deixar um comentário.
    Agora entendo melhor essa tua paixão pela fotografia. A Leica ficou em boas mãos. Saiba que eles acabam de lançar uma digital que é o sonho de 10 entre 10 fotógrafos, mas além da tradição de ótimos produtos, o preço altíssimo também migrou do filme para o digital. Teu assunto está bem na moda nesse meio.

    Ah! Quase esqueci. Tua tia estava certa. O nome Carriconde veio de duas palavras bascas: Carrica Onduak.
    Será que ele comentou isso com ela? É possível.
    A fonte da informação é um primo francês que me achou na Internet. Significa perto da aldeia ou algo parecido.
    Parte ficou na França e outra parte virou CarricondO e vive mais pela Espanha. Contei isso para uma amiga e também passei a ser chamada de Carrica.

    Nunca soube o que trouxe Jean Pierre Carriconde, avô do Jõao, da França para Arroio Grande. Vai ver veio fazer umas fotos daquela bela região e ficou no Brasil :)
    Se o tio João parecia também no estilo de dirigir com meu avô, você é um sobrevivente. Essa tradição de família mantenho com louvor.

    Era um fusquinha? :)
    A última vez que falei com tua tia foi em show de vocês lá no Rival. Ela estava com tua mãe.

    Agradeço também os comentários dos amigos e as novas visitas.

    Um beijo e até o próximo.

    ResponderExcluir
  6. Kleiton obrigada também por citar meu nome como disse a Neide de todo meu coração fico muito feliz com o carinho, é sempre um presente quando conversa conosco, nos informando sobre variados assuntos nos apresentando trabalhos incríveis e sensíveis como os da Cris, que me sinto tão analfabeta culturalmente, que suas informações e dicas e de nossos amigos deste blog me alimentam a alma, que às vezes me sinto envergonhada de saber tão pouco sobre tantos assuntos... mas o que vale são as dicas, e que irei buscar e aprender sempre, obrigada a todos.
    Ah Kleiton como a dupla K&K já faz parte da minha trilha sonora vou escolher uma música de vocês para receber meu diploma do curso de arquitetura em janeiro.
    um beijo Isana.

    ResponderExcluir
  7. Cristina Carriconde!!!!A Irene Jacob de A fraternidade é vermelha!!!É assim que eu a imagino.
    Obrigada por citar meu nome,fico feliz que vá lá no blog,ele não é chique,é bem simplesinho mas é o que posso fazer na minha vida corrida entre vários empregos.
    Ficarei feliz se vc for por lá.O endereço é
    http://neidematsumoto.zip.net
    deixe o endereço do fotolog que eu retribuo a visita.

    Bjs,Neide

    ResponderExcluir
  8. Sandra,feliz aniversário,tenha um dia maravilhoso aí no Rio,veja tudo com olhos librianos,coma doces,se lambuze e ouça Kleiton e Kledir,claro.
    Feliz Aniversário.

    Bjs,Neide

    ResponderExcluir
  9. Quantas librianas neste blog também sou uma, PARABÉNS SANDRA, que papai do céu sempre ilumine seu caminho e que hoje a festa seja de arromba. Feliz Aniversário.
    Bjs Isana.

    ResponderExcluir
  10. Nada com o assunto, mas aconteceu uma coisa muito estranha ontem. Fui a um churrasco (churrasco para os outros pois não como carne) e levei meu CD Atorretrato para mostrar aos amigos, todos adoraram, muitos nem conheciam a dupla enfim, foi uma festa com o CD. Depois da algazarra, o guardei na minha bolsa, a deixei em uma cadeira e fui fazer a social. Na hora de ir embora fui pegar a chave do carro e me surpreendi com um volume a menos dentro da bolsa. "Cadê meu CD?!" Procurei, preguntei e nada. Tudo bem, pelo menos o surrupiador tem bom gosto, espero que aproveite e escute muito. Já em abstinência, saí hoje para comprar outro e quem disse que eu achei? Vou ter que encomendar. Estou deseludida... Pelo menos ainda tenho o DVD. Eba! Estarei no Rio e vou ver pelo menos um pouquinho da participação de vocês no show do Lula Ribeiro.

    Beijos com abstinência, mas eu vou repor!

    Aline Mariano

    ResponderExcluir
  11. Aline,eu também estou sem nenhum Cd e nenhum DVD,fui comprando e presenteando os outros para que conheçam esses meninos também.O meu Cd eu tinha emprestado mas a moça lá do serviço gostou tanto que eu deixei pra ela.
    Agora,conseguir comprar,só na internet;já falei pra Branca,irmã deles,que tá faltando Cd e DVD em Sampa.
    O Natal está aí e é um excelente presente mas acahar pra comprar,cadê!...
    Bom,pelo menos o ladrão aí da sua história vai ouvir música da boa e livrar os ouvidos dos créu que eles,por certos,andaram ouvindo.

    ResponderExcluir
  12. Aline,o comentário aí em cima foi meu,eu esqueci de botar o nome.

    Neide

    ResponderExcluir
  13. Kleiton,

    Cadê Kledir?Ele está bem?Ele não tem mais interesse em escrever no bog dele?Estamos sentindo falta dele.

    Bjs,Neide

    ResponderExcluir
  14. Aqui em Volta Redonda (RJ), nem sequer chegou só internet, tá certo que é cidade de interior mas já tem 260 000 habitantes, já era para estar atualizada.
    Bjs a todos Isana.

    ResponderExcluir
  15. É verdade Neide estamos sentindo muita falta Kledir, de suas crônicas (inteligentíssimas), Kledir volta a escrever vc escreve muito bem, Kleiton você como irmão só um pouquinho mais velho aconselha ele a voltar a escrever hehehe.
    Bjs Isana.

    ResponderExcluir
  16. Isana,

    Vc sabe que dia é hoje?Vai lá no blog ver...

    Bjs,Neide

    ResponderExcluir
  17. Neide, cadê o link do blog? Fiquei curiosa hehehehe

    ResponderExcluir
  18. Aline,

    O blog é http://neidematsumoto.zip.net

    se vc for lá,deixe um comentário para eu saber que vc foi,OK?

    Bjs

    ResponderExcluir
  19. A Celeste sumiu???

    Neide

    ResponderExcluir
  20. Kleiton,vc pode também ir lá no blog me visitar,não precisa escrever lá,só saber que vc foi lá,vai me deixar feliz.

    Bjd,Neide

    ResponderExcluir
  21. Neidinha, estou aqui, querida, morrendo de saudades do Kleiton!!! E do Kledir tb, que apesar dos apelos nunca mais escreveu uma linha para nós, seus fãs fiéis!!!
    Talvez por estarem hoje, 18/10, em Caxias do Sul não sobrou mesmo um tempinho para escreverem....
    Querida, vc é médica,não é?
    Portanto parabéns pelo seu dia, hoje!
    Que Deus lhe dê muita luz e sabedoria nesta profissão tão importante,e que exige mesmo muito amor e dedicação de quem a exerce.
    Continuo lendo seu blog que é muito bom, nota 10, com louvor.
    Parabéns pelo Dia do Médico!
    Com carinho,
    celeste.

    ResponderExcluir
  22. Aline,

    Parabéns e obrigado pela generosidade de divulgar o Autorretrato mesmo sendo roubada. Essa sua história é muito original! E ficar em paz com isso... Só Gandhi.

    Bjs

    Kleiton

    ResponderExcluir
  23. Obrigada pela lembrança meninas, estou quase sem entrar na net...mas o níver foi otimo...Domingo retorno ao interior de Sp...nem precisa comentar!!

    Bjs

    Sandra

    ResponderExcluir
  24. Celeste,

    Obrigada pelo carinho,é muito bom vir aqui e ter esse contato com vcs.

    Bjs,Neide

    ResponderExcluir
  25. OLÁ.FIQUEI MUITO CURIOSA EM SABER DE JOÃO CARRICONDE,DO ARROIO GRANDE POIS MEU AVO SE CHAMAVA JOÃO CARRICONDE,BOM,SE CHAMA ATÉ HOJE,SÓ QUE NO CÉU,ASSIM ESPERO.EU SOU NETA DE JOÃO CARRICONDE E ALICE ALMEIDA CARRICONDE.SEMPRE QUE ENCONTRO UM CARRICONDE CORRO ATRAZ P/ DESCOBRIR DE ONDE É E DOU DE CARA COM KLEITON,NUM BLOGG,FALANDO DE JOÃO CARRICONDE ,QUE NÃO ME PARECE SER MEU AVÔ POIS NÃO TO SABENDO DE NADA DE ESTADA DELE NO RIO.DE QUALQUER FORMA,ENTREI MESMO ASSIM P/ POSTAR MEU RECADO,ME CHAMO REGINA ALICE CARRICONDE FRIPP,MORO EM PELOTAS E AMO K&K A MUITOS ANOS.BEIJÃO E VIVA O VÔ JOÃO CARRICONDE,DO ARROIO GRANDE COM PARENTES VINDOS DA FRANÇA,É MUITA COINCIDENCIA OU PROVIDENCIA .reginafripp@hotmail.com. a proposito kleitoN,eu amo cantar,acho que essa veia artistica é com certeza dos carriconde.abração

    ResponderExcluir
  26. oi kleiton, pesquisando sobre o pais basco e o sobrenome carriconde encontrei seu post sobre meu avo, joao carriconde. fiquei emocionada. pouco convivi com ele que era separado de minha vo, mas herdei alguns livros, um binoculo alemao e alguns lindos cadernos de desenho...
    sou artista plastica e moro em londres atualmente. neste verao vamos a bilbao para uma exposicao e decidi fazer uma viagem a Pau, Franca, regiao de onde provavelmente partiu Jean Pierre Carriconde em direcao ao Brasil.
    abracos carinhosos para voce e para a Daria, e obrigada por compartilhar suas memorias do Joao (ele realmente tinha um fusquinha e dirigia muito mal, curvado sobre o guidon:)
    gisel

    ResponderExcluir
  27. Cleyton , acho que não soube me comunicar contigo, pois coloquei-te em outro lugar
    vou provurar um professor que me ensine como falar contigo sem quebrar o teu anonimato...estou ansiosa em saber se me comprrende4s.... bjs gilda
    Fiquei feliz ao saberes de minha existencia, por meio da Cristina

    ResponderExcluir
  28. sou a mãe da Gisel...agora parece que descobri algoKKKKKKK estou melhorando, muito lentamente, mas gostaria de falar contigo masi a vontade e não sei como faze-lo virtualmente gilda

    ResponderExcluir
  29. Cleyton , como gostaria de falar, contigo, sobre meu amado pai, mas sou incopetente em questão de internete, e faço muitaa coisa errada.... mas tenho email :gildacarriconde@yahoo.com.br e skype: gilda carriconde...será que de alguma forma poderemos nos cominicar? gostaira de saber notícias de tua familia e mais al-
    mas recordações que poderias , talvez , me brindar....Além da Daria , conheci tua querida avó, doce...doce..e o pai falava muito em ti no Cledir e em teu primo de Pe
    lotas ...Vitor..parece-me.
    Quem de deu a grande notícia de te encontrar e teres: tanta coisa boa para falar do Carrica, foi minha filha, me comunicou
    logo, pois sabia que iria ficar "louca de alegria" Obrigada pelo amor pelo meu Pai

    ResponderExcluir